O que é Medicina Integrativa?



Medicina Integrativa é uma abordagem diferente na relação médico e paciente, assim como da atuação do profissional de saúde. A visão sobre o ser humano é mais ampla, considera seu todo integral, assim como reposiciona o paciente como protagonista do seu processo de reestabelecimento da saúde e prevenção à doença.


Segundo o Dr. Paulo de Tarso Lima, que é um dos coordenadores do tratamento integrativo no Hospital Albert Einstein, a Medicina Integrativa trata-se da prática, no atendimento médico, "que reafirma a importância da relação entre o paciente e o profissional de saúde, ela é focada na pessoa em seu todo, é baseada em evidências e faz uso de todas as abordagens terapêuticas, profissionais de saúde e disciplinas adequadas para obter o melhor da saúde e cura".


Nesta parceria a medicina integrativa reúne profissionais de diversas áreas e formações, defendendo que a interdisciplinaridade é essencial para cuidar da pessoa. Associada ao tratamento da medicina convencional faz uso dos conhecimentos das medicinas tradicionais, como práticas meditativas, técnicas de respiração, relaxamento, atenção plena, uso de fitoterápicos, sempre baseados em evidências em relação à segurança e eficácia.


Referências:

[1] Lima, Paulo T. R. Medicina integrativa. Barueri-SP: Manole, 2015.

11 visualizações0 comentário